segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Os dois que se tornam um



Choro tuas lágrimas de tristeza. Tristeza sem motivo. Tristeza com motivo. Dói meu peito tua apreensão. Perambulo tal zumbi por tua insônia. Durmo tarde em tua preocupação. Realizo teu sonho se assim o desejares.

Respiro ofegante teu soluço triste, sou teu lenço a secar teu choro. Aparente. Sem motivo. Choro feminino não precisa motivo. Mulher não precisa motivo para chorar. É da tua sensibilidade. Sou teu estresse pelo trabalho mal pago. Pelo trabalho mal amado.
Sou tua irritabilidade pelos dias distantes. Sou tua saudade dos amados que estão longe.

Sou tua alegria ao me conhecer. Sou espelho da tua alma a voltar a amar. Rio tua risada das piadas e provocações. Abraço-te sem te abraçar. Beijo-te sem beijar. Sou tua virtualidade há uma semana. Teus dedos no teclado a digitar o amor.

Escrevo em teu caderno tua lição de hoje. Enxergo o quadro negro da tua aula. Penso tua profissão. Estudo teu conhecimento. Estudo tua lição. Nova ou velha. Exalto-me em teu desenvolvimento. Recebo teu diploma, carta de alforria da distância que nos separa. Assim espero.

Espero te conhecer no encurtamento da distância continental que nos separa. Sou tua revolta por não te reconhecerem. Sou tua ansiedade em voltar. Sou tua razão por nós dois. Sou a loucura que (ainda) não cometeu. Sou tua vergonha junto a mim em frente ao vídeo.

Sou tua força de viver longe e sozinha. Sou tua determinação em seguir na frente. Tua molecagem estampada na face. Teu riso tímido. Tua euforia ao esperar nosso encontro. Mesmo que ele não tenha acontecido. Tua expectativa em relação a mim.

Sou tudo isso pelo simples motivo de que os dois se tornaram um.

5 comentários:

Juliana disse...

Que lindo..é sem duvida um incentivo para continuar te admirando e te querendo...obrigada!!!
Bjos,bjos,bjos!!

Pensamentos, Palavras e Omissões disse...

E então, a paixão se fez...

Sutil, inocente, doce, amorável, amoroso... Lindo!

Luciano S. Santos disse...

thank's

Anônimo disse...

Eu fui rejeitada por ser "sensivel demais"....vai entender...
klaudya

Gilda disse...

Luciano,que linda mensagem!
Feliz é a dona de teus pensamentos quando esse texto foi criado.
Abraço...